A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

terça-feira, junho 30, 2009

Côr de vitral .




Pedacinhos
de vidro colorido ,
assim são as palavras
lidas por dentro ,
a
contraluz ,

devagar .

Por fora parecem escuras , quase sem significado.

O Sol _ um poeta _ no seu avesso
consegue fazê-las


cantar !

*

Teresa Marquinho Marques

domingo, junho 28, 2009

Côr de potencial humano .



O
potencial humano é infinito ,
e
todo o ser tem uma contribuição a fazer ,
por um mundo mais grandioso
.

Estamos nele todos juntos

Somos

um !



*
Helena Blavatsky

[retre a musica de fundo ]

sábado, junho 27, 2009

Côr de tuas mãos .


E de súbito desaba o silêncio .
É um silêncio sem ti ,
sem álamos ,
sem luas.

Só nas minhas mãos

ouço
a
música das tuas !


*
Eugénio de Andrade

sexta-feira, junho 26, 2009

Côr de Michael Jackson .



O
homem que levou uma vida inteira procurando - se .
Ontem ... ...
Terse-se-á encontrado ?!
Oxalá !

quinta-feira, junho 25, 2009

Côr de hoje .



Somos culpados
de muitos erros e faltas .

Porém nosso pior crime
é

o abandono das crianças ,
negando-lhes a fonte
da vida .


Muitas das coisas
de que necessitamos
podem esperar.

A criança não pode .
Agora , é o momento em que
seus ossos se estão formando ,
seu sangue também o está
e seus sentidos
estão se desenvolvendo .


A ela não podemos responder _ amanhã _
Seu nome é hoje. !
*
Gabriela Mistral

quarta-feira, junho 24, 2009

Côr de dia de S.João .



Hoje ,
a euforia pagã atenuou .
É dia de música calma e serena .
Há que pensar na importância de João , " Deus é propício ", na vida de seu primo , O homem Jesus .


Bom dia de S. João ,
para todos .


[retire musica de fundo ]

terça-feira, junho 23, 2009

Côr de noite de todos os cheiros .


Hoje ,
vê-se espalhadas pela cidade , todas estas ervas aromáticas
e
flores .
Mais tarde , já noite _ a considerada mais longa , para os tripeiros e visitantes _ o seu aroma , misturar-se-á com o cheiro das sardinhas assadas e pimentos .

É pena , juntar-se a este cenário tão agradável um objecto que , segundo a minha opinião , não valorizou de forma alguma a festa .
O plástico , em forma de martelo estridente .
Não me atrevo a dizer que todas as pessoas aderiram , mas uma grande parte , sim
!
Que nome se pode dar a estes acontecimentos ... ... progresso ?!

Este ano , além do grando cansaço que me visitou , os ditos martelinhos expulsaram-me das ruas do Porto .
Paciência . . .
!
Já tive a minha cota parte de noitadas de S. João .

E ... ...
Mãos nas mãos , dedos nos dedos
entrelaçados assim ...
Vinte bicas de segredos
De duas fontes sem fim !
[Quadra popular de S. João de 1944 ]

segunda-feira, junho 22, 2009

Côr de o ideal .


Como
são belas , indizivelmente belas , essas estátuas mutiladas...
Porque nós mesmos lhe esculpimos ,
_ com a matéria invisível do ar _
o gesto de um braço ... uma cabeça anelada ... um seio ...
tudo que lhe falta !

*


Mário Quintana

domingo, junho 21, 2009

sábado, junho 20, 2009

Côr de ... cativar .


quatro anos que a Ana me vem ensinando que ... ...
nenhum ser é substituível ,
mas ,


o amor pode renovar-se

e

voltar

a

ser

intenso e incondicional !

sexta-feira, junho 19, 2009

Côr de Luis de Freitas Branco .



Quantas
vezes acontece ...
Numa busca , aparece algo que nos desvia e prende .

Aí , esquecemos , mesmo que momentâneamente , o motivo primeiro .

Obrigada Luis , pelo impulso
!



Tira tirada d' aqui .

quarta-feira, junho 17, 2009

Côr de Igor stravinsky .




[retire a música de fundo ]

terça-feira, junho 16, 2009

Côr de haicai .



A palavra andorinha
Freme devagarinho
E some em silêncio .

Mário Quintana

segunda-feira, junho 15, 2009

Côr de ter estofo .



_ Quem ? O infinito ?
Diz-lhe que entre .
Faz bem ao infinito , estar entre gente .

_ Uma esmola ? Coxeia ?
Ao que ele chegou !
Podes dar-lhe a bengala que era do avô .

Dinheiro ? Isso não !
Já sei , pobrezinho que em vez de pão ia comprar vinho ...

Teima ? Que topete !
Quem se julga ele , se um tigre acabou nesta sala em tapete ?

_ Para ir ver a mãe ? Essa é muito forte !
Ele não tem mãe e não é do norte ...

_ Vítima de quê ?
O dito está dito .
Se não tinha estofo ...
Quem o mandou
ser
infinito ?!


Alexandre O' Neill

domingo, junho 14, 2009

Côr de respiração da Terra .



Respirando com Ela
e
ao seu ritmo ,


tenhamos um bom domingo !

*

[ retire a música de fundo ]

sábado, junho 13, 2009

Côr de dois Fernandos .


O
Poeta
e

o Santo ,
António , como ficou conhecido .

sexta-feira, junho 12, 2009

Côr de fio de prata .



Antes ,
que a tua herança seja a lembrança ,
Antes ,
que o fio de prata se rompa
e
a roldana rebente no poço ,
Antes de tudo isto ...

Põe uma escada

e

sobe

ao cimo do que vês !



Daniel Faria
imagem _ Kiefer _

quarta-feira, junho 10, 2009

Côr de O Poeta .



Náiades , vós, que os rios habitais ,
que os saudosos campos vão regando ,
de meus olhos vereis estar manando
outros , que quase aos vossos são iguais.

Dríades , vós, que as setas atirais ,
os fugitivos cervos derrubando,
outros olhos vereis que , triunfando ,
derrubam corações , que valem mais.

Deixai as aljavas logo , e as águas frias ,
e vinde , Ninfas minhas , se quereis saber
como de uns olhos nacem mágoas ,

vereis como se passam em vão os dias ,
mas não vireis em vão , que cá achareis
nos seus as setas , e nos meus as águas.


Luis Vaz de Camões
Quadro _ Columbano Bordalo Pinheiro _

terça-feira, junho 09, 2009

segunda-feira, junho 08, 2009

Côr de dia mundial do meio ambiente .


Não ,
não estou confusa .
Considero , apenas , que todos os dias devem , ou deveriam ser ...


dias mundiais

de

respeito pelo meio ambiente !



Para ver versão completa aqui
[retirar música de fundo ]

sábado, junho 06, 2009

Côr de dia 6 de junho .



Quando eu nasci
ficou tudo como estava /
Sómente ,
esquecida das dores ,
a minha Mãe sorriu e agradeceu .



Sebastião da Gama




Talvez nesse dia tivesses sorrido , mas
Tu
eras mulher de gargalhar . Não tinhas medos . Fostes um Ser bem resolvido .

Ao acordar , senti a tua falta , mais que habitualmente .
Foi o coração a lembrar ... o que não se esquece ...

Mas tu sabes que estás cá ... ... nos meus mais pequeninos gestos .

Hoje , sou eu que , quase sem sorrio , agradeço .

sexta-feira, junho 05, 2009

Côr de tango macho .



Quando o tango nasceu , em finais do seculo XIX ,
era dançado , em público , por pares de homem com homem , pois era considerado obsceno , uma mulher e um homem dançarem abraçados .

Daí esse recurso .


Recurso esse , de uma beleza e sensualidade
muito especial
.!

quinta-feira, junho 04, 2009

Côr de ... inteiros .



A
partir do momento que compreendemos a beleza da solidão , ela transforma-se num não estar só ... mas sózinho .
E
nesse estar , finalmente estamos em sintonia com o nosso ser e não ser.
E
aí , estamos
inteiros !

quarta-feira, junho 03, 2009

Côr de ... belo ?



... não ... de excepcionalmente belo ...

*

[ retire a musica de fundo ]

terça-feira, junho 02, 2009

Côr de ...quem ...



Quem disse que a pintura deve parecer-se com a realidade ?
Quem o disse vê com olhos de não entendimento .
Quem disse que o poema deve ter um tema ?
Quem o disse perde a poesia do poema .

Pintura e poesia têm o mesmo fim ..
Frescura límpida ,
arte para além da arte . !

Os pardais de Bain Lun piam no papel
As flores de Zhao Chang palpitam .
Porém o que são ao lado destes rolos ,
Pensamentos -linhas , manchas-espíritos ?


Quem teria pensado
que um pontinho vermelho
provocaria o desabrochar da primavera ... ...

*
*
*
Su Dong Po

segunda-feira, junho 01, 2009

Côr de ... criança .



Picasso,
ao visitar uma exposição de desenhos de crianças disse ...
Quando tinha esta idade , desenhava como Rafael .
Precisei de toda uma vida ,
para
aprender
a desenhar
como
crianças !
*
*
imagem _ desenho de uma criança _