A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

sexta-feira, janeiro 31, 2014

Côr de tortura





















palavras   que   podem   ferir  ,  

silêncios   que   podem  torturar . . .





imagem  _  Nanda   Correa  _

sábado, janeiro 25, 2014

Côr de abraço




















Dentro de um  abraço nenhuma  situação
é  incerta , o  futuro  não  amedronta ,  
 confortavelmente   estacionamos  meio 
 ao  paraíso .
O rosto contra  o  peito   de quem  te  abraça ,
as  batidas  do coração  dele  e  as  tuas ,  o 
silêncio  que   sempre  se  faz durante  esse 
envolvimento   físico . . .  
Nada  há  para  se reivindicar  ou  agradecer, 
dentro  de  um  abraço  voz  nenhuma  se  faz 
necessária ,  está   tudo   dito .




 





Caio  Fernando  Abreu
imagem  _   Matteo  Arfanotti _

quarta-feira, janeiro 22, 2014

Côr de lágrimas















A   pequeníssima  aranha  assusta
a  criança  que  eu  estava  a  olhar ,
e  chora  .
_ Meu  duplo  filho , não  temas  a
intensa  labuta  da  caçadora  de  insectos .
Ela  estende  uma  rede ,  tão  frágil  
que  a  podes  romper  com  o  menor  dedo.
A  menos  que , antes  do  gesto , encontres
a  beleza  do  tecido  luminoso ,

quando  a  aranha  ofende  o  sol
roubando - lhe  alguns  raios ,
ou  a  beleza  da  água  que  ela  retém ,
como  diamantes  sem  preço ,
rosácea  de  lágrimas _







Fiama  Hasse P.  Brandão
imagem _  net _

segunda-feira, janeiro 20, 2014

domingo, janeiro 19, 2014

Côr de todas as cores





































Sessenta  e oito  anos separam   estas duas  fotografias 








imagem  _  net  _

quinta-feira, janeiro 16, 2014

Côr de . . . porque dói




















É  melhor  eu  não  falar  em felicidade  ou  infelicidade ,
provoca  aquela  saudade  demasiada  e  lilás ,
aquele  perfume  de  violeta ,
as  águas  geladas  da  maré  mansa  em espumas  pela  areia.
 

Eu não quero provocar , 

 porque dói  .







Clarice   Lispector  _  A   hora  da  estrela  _
Imagem  _  JL  Muñoz  _

quarta-feira, janeiro 15, 2014

Côr de separação




















De  repente  do  riso   fez-se  o   pranto  ,
e  das  mãos  espalmadas   fez-se  o  espanto.




De  repente,  não  mais  que  de  repente   .








Vinicius de Morais

imagem  _  Tomasz  A .  Kopera  _

domingo, janeiro 12, 2014

Côr de gato











Quem  não  se  relaciona  bem  com  o  próprio  inconsciente  não  gosta  do  gato.
 Ele aparece, então, como ameaça , porque representa essa relação precária do homem com o próprio mistério. 
O gato não se relaciona com  a  aparência  do  homem.
Ele vê além , por dentro  e  pelo avesso.
Relaciona-se  com  a  essência.
O homem não sabe ver o gato , mas o gato sabe ver o  homem.
O gato é um monge  silencioso , meditativo  e  sábio , a nos devolver as perguntas medrosas, esperando que encontremos o caminho na sua busca , em vez de o querer preparado ,  já conhecido  e  trilhado.


Vive do verdadeiro  e  não  se  ilude  com  aparências.

O gato é um animal que tem muito quartzo na glândula pineal , é portanto um transmutador de energia e um animal útil para cura , pois capta a energia ruim do ambiente e transforma em energia boa ,  normalmente onde o gato deita com frequência , significa que não tem boa energia .

O  gato imortal  existe , em algum mundo intermediário entre a vida e a morte , observando e esperando , passivo ,  até  o  momento em  que  o  espírito humano se  torne  livre .


 Então , e sómente então , ele irá liderar a alma até  seu  repouso  final.!







 Gerald & Loretta Hausman [ The  mithology  of   cats ,  com  alguns  cortes  ]
 imagem  _    foto  da  Ana   _

sexta-feira, janeiro 10, 2014

Côr de procura


Folheei
o
teu  corpo  como  um  livro
à 
procura  da  tua  alma . . .
encontrei-a  no  índice.







Albano   Martins 
imagem  _ Andrew Ferez  

quinta-feira, janeiro 09, 2014

Côr de peneirar o pensamento

















 _  Antes
de   falar   pensa   duas   vezes    _  ,  diz -se  .

Antes   de   transmitir   uma   noticia ,   pensemos    muitas  vezes ,  metamos   o   coração   no   trajecto ,  coloquemo - nos  no   lugar   do   outro ,  e   vejamos  
da   utilidade   dessa   mesma   noticia   ser  dita .

Quanta   dôr  ,  tristeza  ,  desilusão  se  pode  evitar ,  com  este   procedimento .!


Somos ,  apenas , humanos  ,  eu   sei  ,
mas   tentemos ,  por   favor





imagem  _  net  _

segunda-feira, janeiro 06, 2014

Côr de sem rótulos




















Se ,
conseguirmos   viver  sem   rótular   o  que   nos  
rodeia ,
a  
tranquilidade   aproxima - se .







imagem  _   Patricia  Ariel  _

domingo, janeiro 05, 2014

Côr de pantera negra




















Não   gosto ,  nem   um  pouco ,  de   football ,
mas ,
deste   senhor  sim .
Porquê ?
Terei   que  responder   como  algumas   crianças . . . 
 porque   sim . 





Que   este   sorriso   o   acompanhe ,
e
descanse   em    paz  !
                                          

sexta-feira, janeiro 03, 2014

Côr de dai - nos




















Dai-nos  Senhor a  paz  que  vos pedimos  
A  paz  sem   vencedor  e  sem vencidos

Erguei o nosso  ser  à  transparência 
Para  podermos  ler melhor  a  vida

Fazei  Senhor  que a  paz  seja  de todos

Dai-nos  a  paz   que  nasce  da   verdade
Dai-nos  a  paz  que  nasce  da   justiça
Dai-nos  a  paz  chamada   liberdade

Dai-nos  Senhor a paz  que  vos  pedimos

A paz  sem  vencedores  e  sem   vencidos .






 Sophia de Mello Breyner



quinta-feira, janeiro 02, 2014

Côr de novo ano

















Para

Todos  ,



que   aconteça  o  que   de   mais   importante  considerem  !




Quanto  a  mim . . . 
tentarei   vivê - lo  um   dia  de  cada  vez .





 imagem Josephine  Wall  _