olho por olho , e o mundo ficará cego

Mahatma Gandhi



A _ cor _ dar , é preciso !


domingo, setembro 25, 2016

Côr de anunciação



















É como se nós os dois
dançássemos
o perdimento

Tu de rojo a meus pés
e eu erguida num ímpeto
a tentar turbar o tempo

As minhas mãos
a suster
e as tuas a empurrar

num mesmo gesto sedento

A entrega e a recusa
o corpo e o pensamento .







Maria Teresa  Horta _   Anunciações  _
imagem  _ Sandro Botticelli  _

quarta-feira, setembro 14, 2016

Côr de . . . a de hoje .















A 
terceira miséria é esta , a de hoje.
A de quem já não ouve nem pergunta.
A de quem não recorda. E , ao contrário
Do orgulhoso Péricles, se torna
Num entre os mais , num entre os que se entregam ,
Nos que vão misturar-se como um líquido
Num líquido maior , perdida a forma ,
 

Desfeita em pó a estátua. 








Hélia Correia   _   A Terceira Miséria  _
imagem _   Tomasz   A.  Kopera  _

sexta-feira, setembro 09, 2016

sábado, setembro 03, 2016

Côr de espanto





















Foi ,
exactamente ,  este  ar  de   espanto   que fizeram, quando   há  anos  , disse  que   não   tinha   aparelho   
de   televisão .
E
ontem  ,   que   não   tinha   perfil   no  __________________________   facebook  !



Aparelho   de  televisão  já   tenho . . .  
perfil   no   facebook  . . .   não  lhe encontro   utilidade . . .

Entretanto
continuo   a   perguntar - me  . . .

porquê    o    espanto 







imagem _   Carmelo B.  Jiménez   _

domingo, agosto 21, 2016

Côr de mãos entrelaçadas
















Muitas   vezes ,

há  mais   amor em   duas  mãos   entrelaçadas ,
que
em  dois  lábios  esmagados    num   beijo  .






quarta-feira, agosto 17, 2016

Côr de ... o diabo existe ...



Há duas formas para viver a sua vida . . .
Uma é acreditar que não existe milagres.
A outra é acreditar que todas as coisas são  milagres .

Albert Einstein




Ao
aceitar   estas   premissas  ,  somos   obrigados   a  acreditar   numa   terceira . . .
a   existência   do   diabo .
Não  é   fácil   detetá - lo   . . .

já 
não   cheira   a  enxofre ,  mas  sim  a  uma  boa   água   de  colónia  ,
não   tem  cornos  ,   mas  um   belo  penteado ,
o  rabo  e   os   cascos  desapareceram .     veste   fato  ,  camisa  e  gravata ,  e  calça  sapatos ,  tudo de  óptima qualidade .
O  sorriso   é  encantador   e   o  olhar   penetrante  .
Claro   que   tem   uma  conversa  sedutora   e  variada .

Encontramo-lo   nos   mais  dispares   locais . 



Então   como   saber   que   estamos   perante   aquela  criatura  ? 


Pelos   actos 









imagem _ J. C. Leyendecker  _
 

domingo, agosto 14, 2016

Côr de como uma carta
















Há
os   de   todas  as  cores . . .
o   meu   é   o   lilaz .

está aí , junto  com  os  outros ,  como se fosse uma carta. 
 joga.  guarda-o . troca-o  por  outra  côr  . . .
como queiras.  

é inteiramente teu.


Porém ,
que  exista , verdade , carinho , ternura .





imagem  _ net   _