olho por olho , e o mundo ficará cego

Mahatma Gandhi



A _ cor _ dar , é preciso !


domingo, agosto 21, 2016

Côr de mãos entrelaçadas
















Muitas   vezes ,

há  mais   amor em   duas  mãos   entrelaçadas ,
que
em  dois  lábios  esmagados    num   beijo  .






quarta-feira, agosto 17, 2016

Côr de ... o diabo existe ...



Há duas formas para viver a sua vida . . .
Uma é acreditar que não existe milagres.
A outra é acreditar que todas as coisas são  milagres .

Albert Einstein




Ao
aceitar   estas   premissas  ,  somos   obrigados   a  acreditar   numa   terceira . . .
a   existência   do   diabo .
Não  é   fácil   detetá - lo   . . .

já 
não   cheira   a  enxofre ,  mas  sim  a  uma  boa   água   de  colónia  ,
não   tem  cornos  ,   mas  um   belo  penteado ,
o  rabo  e   os   cascos  desapareceram .     veste   fato  ,  camisa  e  gravata ,  e  calça  sapatos ,  tudo de  óptima qualidade .
O  sorriso   é  encantador   e   o  olhar   penetrante  .
Claro   que   tem   uma  conversa  sedutora   e  variada .

Encontramo-lo   nos   mais  dispares   locais . 



Então   como   saber   que   estamos   perante   aquela  criatura  ? 


Pelos   actos 









imagem _ J. C. Leyendecker  _
 

domingo, agosto 14, 2016

Côr de como uma carta
















Há
os   de   todas  as  cores . . .
o   meu   é   o   lilaz .

está aí , junto  com  os  outros ,  como se fosse uma carta. 
 joga.  guarda-o . troca-o  por  outra  côr  . . .
como queiras.  

é inteiramente teu.


Porém ,
que  exista , verdade , carinho , ternura .





imagem  _ net   _   

quinta-feira, agosto 11, 2016

Côr de robin williams














Não ,

não  nos   deixou   há   dois   anos . . .
apenas    vive ________________________   para  além   do   horizonte    ...


 







imagem  _  do  filme  What Dreams May Come _ 

quarta-feira, agosto 10, 2016

Côr de quando a gente é gente . . .














Este 
casal   comprou mais de mil litros de água ,
 para 
distribuir pelos automobilistas  que se 
encontravam retidos numa fila , devido a um acidente .






_  imagem   e    noticia   retiradas   de  um  jornal   diário  _

segunda-feira, agosto 01, 2016

Côr de ultimo brinde


Bebo 
à casa arruinada,
às dores da minha vida,
à solidão, lado a lado ,

a ti também eu bebo .
Aos lábios que me mentiram,
ao frio mortal nos olhos,
ao mundo rude e brutal ,

a Deus que não nos salvou .








ANNA AKHMATOVA  _  1934  _
imagem  _   Nicoletta  T.  Caravia    



Bebo ,
ainda  ,   a    todos   que   por  aqui    passam . . .  e   até   mesmo   aos   que  não   passam !