A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

sábado, setembro 27, 2014

Côr de agradecimento e prece














Senhor ,
uma  parte  está   resolvida  [  resultado  negativo  ]


Mas ,
ainda   necessitamos ,  muito  ,  da   tua   proteção . 
estamos   ambas  muito   debilitadas ]






imagem  _  Giotto  _

sábado, setembro 13, 2014

Côr de como dizer - te





















Porque 
não  sei  como  dizer-te  sem  milagres , que
dentro  de  mim  é  o  sol , o  fruto , a  criança ,

a  água ,  o  leite , a  mãe ,  o  amor , 
que  te  procuram  .










Herberto Helder
imagem Irena Komadinic _

sexta-feira, setembro 12, 2014

Côr de mezinhas














A
única   noite ,  disse   alguém ,  é  
a   da  insónia ,  a   noite  passada   em   branco .
Não   se  guarda  memória   de   noites  dormidas .

Assim   é   o  amor   . . .  o   mais inolvidável   é   o   
que   nunca   foi .

Como   para  a   insónia ,  também   para   o   esquecimento   existem   xaropes  e  mezinhas .  
Mas   são   ambos   remédios   sem   discernimento  . 
Uns   far - te - ão   dormir    tanto ,  sem   sonhos  e   
sem   sono  ,  que   será   como   morrer  .  
Com  os   outros   não   esquerás ,  se  os   tomares ,   aquilo  que  queres   esquecer . . .   esquecerás  tudo ,   quer   tenha   sido   excelente   ou    desagradável .

Não   te   revelo ,  pois ,   as   minhas   beberagens  
para   o  sono   e   para   o   esquecimento .

Possuem   o   mesmo   efeito   da   cicuta  .   









Héctor  Abad  Faciolince _  Receitas  de  amor  para  mulheres  tristes  _
imagem  _   net  _  

quarta-feira, setembro 10, 2014

Côr de olho da Ana
















 O gato é secreto.
Tece com calma o mistério do mundo.
O gato é elétrico.
Pura energia a percorrer a espinha.
O gato é orgulho.
Sem humildade , jamais se entrega.
O gato é desejo.
Atração pela lua e telhados.
O gato é sagrado.
Olho no olho que brilha ,
um susto .

Parece que vemos Deus.





Donizete Galvão
imagem  _   foto  da   Ana  _

terça-feira, setembro 09, 2014

Côr de opiniões





















Quanto
menos   opiniões   ,   mais  a   verdade   se   aproxima  . . .








imagem _ net _

quinta-feira, setembro 04, 2014

Côr de ideal






Eu quero uma casa no campo 
Onde eu possa compor muitos rocks rurais 
E tenha somente a certeza 
Dos amigos do peito e nada mais 
Eu quero uma casa no campo 
Onde eu possa ficar no tamanho da paz 
E tenha somente a certeza 
Dos limites do corpo e nada mais 
Eu quero carneiros e cabras 
Pastando solenes no meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas 
Eu quero a esperança de óculos 
E meu filho de cuca legal 
Eu quero plantar e colher com a mão 
A pimenta e o sal 
Eu quero uma casa no campo 
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé 
Onde eu possa plantar meus amigos 
Meus discos e livros e nada mais .






composição _  Tavito / Zé Rodrix   . 



Para   GL  ,  e   todos   os   apreciadores  de   Elis  Regina .