A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

terça-feira, setembro 29, 2009

Côr de 45 anos .



Parabéns
e
sobretudo ,

obrigada .

segunda-feira, setembro 28, 2009

Côr de resíduo exacto.


/
De todas as felicidades que lentamente me abandonam , o sono é uma das mais preciosas e também das mais comuns.
/
Concordo que que o sono mais perfeito está quase forçosamente ligado ao amor ... repouso meditado , refelectido em dois corpos .
Mas o que me interessa aqui é o mistério específico do sono , saboreado por si mesmo , o inevitável mergulho a que se aventura todas as noites o homem nu , sózinho e desarmado , num oceano onde tudo muda , as cores , as densidades , o próprio ritmo da respiração , e onde encontramos os mortos .
O que nos tranquiliza no sono é que se sai dele/ e uma extravagante interdição nos impede de trazer connosco o resíduo exacto dos nossos sonhos .


Marguerite Yourcenar _ Memórias de Adriano _

domingo, setembro 27, 2009

Côr de toque .



Não sei... se a vida é curta...
ou longa demais para nós.

Mas sei que nada do que vivemos tem sentido se não tocarmos o coração das pessoas .

Muitas vezes basta ser ...
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita ,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que sacia ,
amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo ,
é o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela
não seja nem curta ,
nem longa demais ,
mas que seja intensa ,
verdadeira e pura...
enquanto durar.


*
Cora Coralina

sábado, setembro 26, 2009

Côr de Lua ?


Se
disser que um dia roubei a lua , para matar a fome dos que não sonham , acreditas em mim
?

Lua ?
O que é a Lua ?!


Ana Maria Fortuna _ Alma Azul _

sexta-feira, setembro 25, 2009

Côr de o professor .


/
Ser professor é , acredito , uma das profissões mais dificeis do mundo e , em simultâneo , uma das mais poderosas . Um professor pode mudar a nossa forma de ver o mundo , pode atirar-nos para voos mais altos e ensinar-nos a ser melhor .
/


Patricia Reis _ pequeníssimo excerto de um pequeno texto , editado no JL 1016 .



Tenho a certeza que Miguel Sousa Tavares nem sonha da existência deste blog .
Entretanto , espero que considere o referido jornal digno da sua leitura , assim como o citado artigo .

quarta-feira, setembro 23, 2009

Côr de Uma Carta .



Amesterdão , 5 de Agosto de 1941

A Julius Spier .

Há já seis meses que te conheço . Tu , uma pessoa cómica , querida , terrível , agora foste perseguido pela História mundial até ao nosso pequeno país e aqui vives numa rua tranquila , em duas pequenas divisões que só são agradáveis e bonitas quando te encontras nelas .Foste uma infracção colossal na vida de várias mulheres holandesas . Ensinas -nos que o amor por todas as coisas é mais belo que o que o amor por uma só pessoa . E é bom que nos eduques nesse sentido . Já que as mulheres se debatem sempre por uma só pessoa e não pela humanidade . De facto , a verdadeira emancipação feminina ainda está a começar . Talvez a mulher ainda nem sequer tenha nascido como ser humano . Sabes , deste-me muitas forças , mas também me tiraste muitas . Estás sempre no meu pensamento como ser humano e como homem , e quando , por fim conseguir uma relação verdadeiramente pura contigo , muito será esclarecido , em simultâneo , no meu relacionamento com todos os homens e a humanidade . E , pensando em ti , cresço e amadureço , mas por vezes , não é fácil , sabes ?
Disseste uma vez que eu era para ti um desafio , mas tu também o és para mim .
Que bom estares aí .
Até brrreve .


Etty Hillesum _ Cartas _

Etty Hillesum faleceu em Auschwitz , em Novembro de 1943 .
Julius Spier faleceu em Amesterdão , no dia em que a gestapo o veio buscar , para o levar para para Westerbork

terça-feira, setembro 22, 2009

Côr de ontem , de hoje e de amanhã .



Em 1981 a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas
fixou uma data permanente para a celebração de um Dia Internacional da Paz o dia 21 de Setembro .

A Assembleia Geral proclamou o Dia como uma data de cessar-fogo e não violência em todo o mundo .
Desde então a ONU tem celebrado este dia, cuja finalidade não é apenas que as pessoas pensem na paz , mas sim que façam , também , algo a seu favor .

Sou um tanto avessa a pensar em celebrações com data marcada .
Há umas a que não pudemos fugir , pois magoariamos , sempre , alguém com essa atitude .

Mas Esta ?!

A paz não devia para ser pensada como uma efeméride .
Ela devia existir em nós como uma necessidade à vida , como as mais primárias .
A paz não tem a ver apenas com cessar fogos .
A paz tem a ver com todo o nosso comportamento , nos gestos que apelidamos de pequenos.
A paz tem a ver , por exemplo , com a forma como dizemos bom dia a um vizinho ou saudamos o sol quando nasce .

Côr de Outono .


*
Chegou a minha estação do ano preferida .

Bem vinda !

segunda-feira, setembro 21, 2009

Côr de bem vindo .



Diz - me se incomodo ,
disse ao entrar,
porque me vou imediatamente .

Não apenas incomodas ,
respondi ,
como pões dos pés para o ar toda a minha existência ,

Bem - vindo .
*
Eeva Kilpi _ Os dias do Amor _

domingo, setembro 20, 2009

Côr de ... o pior .



O
meu marido , saiu de casa no dia 25 de Janeiro .
Levava
uma bicicleta a pedais, caixa de ferramenta de pedreiro,
vestia calças azuis de zuarte, camisa verde ,
blusão cinzento , tipo militar, e calçava
botas de borracha e tinha chapéu cinzento .
E levava na bicicleta um saco com uma manta
e uma pele de ovelha, um fogão a petróleo e uma panela
de esmalte azul .
Como não tive mais notícias , espero o pior .
*
*
Alexandre O´Neill

sábado, setembro 19, 2009

Côr de pecado de pensar .


/

Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim
me sentir como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços o meu pecado de pensar .
Clarice Lispector


Pecado ?! ... Sim . Continua a haver um certo " castigo " , para os que pensam . Mais ainda para as que pensam . E muitas vezes , dos mais próximos companheiros de caminhada .
É que misturado com uma certa admiração , há sempre apreensão ,
incómodo e medo
!

quinta-feira, setembro 17, 2009

Côr de uma torneira especial .



Era
criança quando vi esta torneira , e fiquei fascinada .
_ Tão grande ... E para abri - la , só um gigante _

Todas as vezes que saía com a minha Mãe pedia-lhe para
a
irmos espreitar _ podia ser que nesse dia acontecesse _
E lá íamos
.
E mais uma vez vinha triste _ ainda não foi desta _
O tempo passou e a torneira lá continua , seca .

Há dias resolvi fotografar um sonho ou se quizermos
uma esperança de menina .
A foto está má .
Mas não é importante .
O que senti , sim .
" Vi - me " pequena , a minha Mãe junto a mim , apertando na sua mão a minha .
e ,
sobretudo , vi o amor e a sabedoria de uma mulher que levava , pacientemente , a filha ver uma torneira que nunca deitaria água .

Obrigada Mãe
pelos
sonhos que não destruiste
e
pelos muitos " faz de conta " , em que colaboraste .



No sitio onde estás , já descobristes que estou a precisar da tua mão , como naquele tempo .

quarta-feira, setembro 16, 2009

Côr de conseguirei ???


Hoje ,
fiquei triste e magoada , por me mentires .

A mentira , somenos .
A mágoa vem de ... ...

conseguirei voltar a acreditar em ti ?!

terça-feira, setembro 15, 2009

Côr de verborreia .


Diz -se
que Rui Barbosa, ao chegar em casa , ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal.

Chegando lá constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação. Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e , surpreendendo-o ao tentar pular o muro com seus amados patos, disse-lhe ...
_ Oh, bucéfalo anácrono _
!
Não o interpelo pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes, mas sim pelo acto vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação , levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa.
Se fazes isso por necessidade, transijo . Mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado , dar-te-ei com minha bengala fosfórica bem no alto da tua sinagoga , e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à quinquagésima potência que o vulgo denomina nada _

E o ladrão , confuso , diz ...
Dotô , eu levo ou deixo os pato
?


Rui Barbosa


É ... ... Quantos de nós , no fim de algumas conversas , se perguntarão ... É para deixar ou levar os patos ?
Ou indo um pouco mais longe ... _ Nós , patos somos ou vamo -nos ? _

Vamos !

E se as asas funcionarem , mesmo que sejam apenas as da alma , só nos apanharão os que , também , quizerem e souberem voar .

domingo, setembro 13, 2009

Côr de barulhos .



Há dois dias que a cidade foi contemplada por uns
barulhos extra .
Para gáudio de uns e incómodo de outros
[ não sei se muitos , os segundos ] .
Mas para as aves , com certeza .
Lembrei -me , então , de ter lido algures , esta frase
e da qual me apossei ,

_ Fiz com o mundo um contracto irrefutável , o seu barulho pelo meu silêncio _ .

Há " barulhos " que até me agradam ... as crianças no recreio de uma escola , os gritos das gaivotas , o chilrear
dos pássaros , o som das ondas do mar, que tenho a sorte
de ouvir , mesmo dentro de casa .
Mas isto são ruídos de vida e não barulhos provocados
pelo homem para mostrar destreza e poder ?!!!

sábado, setembro 12, 2009

Côr de anunciar .


Quando
nasci , um anjo esbelto , desses que tocam trombeta , anunciou ...
vai carregar bandeira /

Mulher é desdobrável.
Eu sou.

*
Adélia Prado

sexta-feira, setembro 11, 2009

quarta-feira, setembro 09, 2009

Côr de Jean Cocteau .


Le verbe aimer est difficile à conjuguer . . .

Son passé n'est pas simple,
Son présent n'est qu'indicatif,
Et son futur est toujours conditionnel.

Jean Cocteau

segunda-feira, setembro 07, 2009

Côr de baldios .



Amo
os que atravessam os campos ,
desamparados mais do que se pode .
Amo
suas verdades , suas vitórias inúteis ,
um sentido impróprio para a inocência ,
nada ou quase nada diferente do perigo .

Ninguém soube ao certo donde vinham ,
para encontrar uma vida ou coisa mais pura ainda ,
entregues como este verão já no fim
às folhas secas
que
voam .
*
José Tolentino Mendonça

domingo, setembro 06, 2009

Côr de Boccherini .



Bom Domingo para todos

[ não esquecendo um amigo que " sinto " um pouco zangado ]

sábado, setembro 05, 2009

Côr de prece .


... ...
Um recado em jeito de oração

Acredito em Deus de uma forma orgânica . Deus vive em mim , dentro de mim , ao ritmo das minhas pulsações . Não lhe atribuo olhos , mãos , corpo .
Nunca , por isso , me imaginaria a escrever -lhe uma carta .
No entanto , para efeitos do desafio proposto pelas Publicações Pena Perfeita , vou enviar um recado , inspirado nos Diários e Cartas de Etty Hillesum , judia holandesa , morta em Auschwitz , uma notável mulher que me foi revelada por Maria Filomena Molder.

Vou mandar imprimir , em pleno coração , uma prece ...

Deus , preciso de saber ajudar - Vos a ajudar - me !



Maria João Seixas _ Cartas a Deus _


O meu primeiro pensamento diário , de há muitos anos , prende-se, também , com um pedido de ajuda .
Há algo de diferente , mas também de semelhante .
E já deve estar gravado na alma . . .

_ Deus , que eu esteja aberta à tua ajuda _

sexta-feira, setembro 04, 2009

Côr de visão da alma .



Que
as forças cegas se domem , pela visão que a alma
tem .!
*
Fernando Pessoa _ Mensagem _

quinta-feira, setembro 03, 2009

Côr de Mariana ... " já mais grande "



Mariana
o mar te deu
um nome quase tão antigo como o seu .
/
encontrar quem és
caminhar de
é tocar a estrela mais alta do céu
vais partir numa aventura
vais vive-la com ternura
vais saber que só o amor é que perdura .
/
Mariana
tens toda a vida , vida fora
e aqui
estarei ,
mesmo quando um dia eu me for embora .
Luis Represas



Com um beijo maior que grande da ...
tua maria .

quarta-feira, setembro 02, 2009

terça-feira, setembro 01, 2009

Côr de reencantar .



_ A vida é demasiado preciosa para ser esbanjada num mundo desencantado _


Mia Couto _ Jesusalém _


Existe como que uma ambiguidade nesta fala ,
sendo o mundo , na sua maioria , a junção das vidas de todos nós .
temos que , com as nossas mãos , e através dessas mesmas vidas ,
reencantá - lo !