A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

sábado, julho 14, 2007

Côr de Dia.












Saboreio este dia, fruto roubado no pomar do tempo.

Sabe-me a novidade, deixa-me os lábios doces.

Tem a polpa de sol, e dentro dele calmas sementes doutro sol futuro.

Cheira a terra lavrada e a maresia.

E tão livre e maduro, que quando o apanhei já ele caía .!

Miguel Torga

1 comentário:

vermelhodacereja disse...

Mesmo nostálgica, continua igual a si própria; agora ainda mais sábia e talvez mais doce e harmoniosa.
Bj. gd.