Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi




A _ cor _ dar , é preciso !


domingo, março 30, 2008

Côr de descoberta .



_Sobre uma pessoa ,
Descobre-se mais, numa hora de brincadeira , do que num ano
de conversa _ .!

Platão

sábado, março 29, 2008

Côr de palavra .



A palavra
Foi dada ao Homem , para ele esconder
o
Pensanento .!

sexta-feira, março 28, 2008

Côr de procura-me .



Não me procures ali
Onde os vivos visitam os chamados mortos.
Procura-me
Dentro das grandes águas .

Nas praças
Num fogo coração .!

Entre cavalos e cães
Nos arrozais, no arroio
Ou junto dos pássaros.

Ou espelhada num outro alguém
Subindo um duro caminho.

Pedra, semente, sal
Passos da vida .

Procura-me ali
Viva ... .!


Hilda Hilst

quinta-feira, março 27, 2008

Côr de Teatro .



_Théatron _ do grego.

Considerada, por muitos, como a arte por
excelência, dado englobar todas as outras.

Porém ... para ele Ser há que existir a cumplicidade,
mais que isso, a entrega,
Actor _ Publico .

Caso contrário, não acontece .!

Exactamente como na Arte da Vida .!

Seduzir e deixar-se Seduzir .
Cativar e deixar-se Cativar .!

quarta-feira, março 26, 2008

terça-feira, março 25, 2008

Côr de Amén .



Não
Vivas no passado nem no presente nem no futuro .
Vive sim, no
Eterno ... .!


Helena Blavatsky


Amém .!

segunda-feira, março 24, 2008

Côr de piada .



Uma piada ... é uma coisa muito séria .!


Winston Churchill

domingo, março 23, 2008

Côr de selecção natural .



Sopro .!
Apenas permanecerá, o resistente ao sopro.

Daí ...
De quando em vez , haver necessidade de soprar ... a nossa
Vida ... .!

sábado, março 22, 2008

sexta-feira, março 21, 2008

Cõr de Poesia .



_Poesia
é uma ilha
rodeada de palavras
por todos os lados _ .!


Cassiano Ricardo

Mas a poesia, apesar de se fazer com
palavras,
Está muito para além delas ... .!

quarta-feira, março 19, 2008

Côr de despe o meu ser .



...
Pega-me ao colo
E
Leva-me para dentro da tua casa.

Despe o meu ser cansado e humano,
E
Deita-me na tua cama.

E conta-me histórias, caso eu acorde,
Para eu tornar a adormecer.

E dá-me sonhos teus ... .!
...


Fernando Pessoa _ Alberto Caeiro _

terça-feira, março 18, 2008

Côr de lentamente .



Morre lentamente
Quem se transforma em escravo do hábito,
Repetindo todos os dias os mesmos trajectos,
Quem não muda de marca.
Não arrisca vestir uma cor nova.
E
Não fala com quem não conhece.!
Morre lentamente
Quem faz da televisão seu guru.
Morre lentamente
Quem evita uma paixão .
Quem prefere o negro ao invés do branco.

E
Os pingos nos iis a um redemoinho de emoções.
Exactamente o que resgata o brilho nos olhos,o sorriso nos lábios e coração aos tropeços .!
Morre lentamente
Quem não vira a mesa quando está infeliz .

Quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho.!
Morre lentamente
Quem não se permite, pelo menos uma vez na vida ... ouvir conselhos sensatos.!
Morre lentamente
Quem não viaja, não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente
Quem passa os dias queixando - se da sua má sorte, ou da chuva incessante.
Morre lentamente
Quem destrói seu amor próprio.

Quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente
Quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,

Nunca pergunta sobre um assunto que desconhece,
e
Nem responde quando lhe perguntam sobre algo que sabe.!


Evitemos a morte em suaves porções.
Recordando, sempre, que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples ar que respiramos .!

Pablo Neruda

Mas para não " morrer lentamente ",
É
Preciso saber ... " viver lentamente ". !

segunda-feira, março 17, 2008

domingo, março 16, 2008

Côr de sinceridade .



Há pessoas que dizem ...
" _Sou sincera, digo tudo o que penso " _

E vê-se que o que elas fazem, de facto, é demolir tudo à sua passagem .

A sinceridade, é , sem dúvida, uma qualidade .!
Mas será motivo de orgulho aquele tipo de sinceridade ?!
Será que quando estamos a ser _ sinceros _ nos indagamos sobre
a precisão daquilo que se pensa ?!

Qualquer agitação do cerebro é um pensamento.

Mas um pensamento digno de ser transmitido, e sobretudo, considerado opinioso, devia obedecer não ao intelecto,
mas,
ao plano causal .

Deviamos conversar, também, com a alma e com o coração .!

E
Depois, só depois disso ... falariamos ou não .!

Daí dizer-se ...
" _ Uma verdade dita com má intenção,
fere mais ... que uma mentira _ "

sexta-feira, março 14, 2008

Côr de conservar .



No âmago de teu ventre,
Eu cresci,
Com um grito de amor,
Eu nasci,
Com o teu exemplo,
Eu aprendi,
Mãe ... a balbuciar contigo a palavra esperança,
Que me deu um novo sabor à vida.!


Beatriz Barroso

Não me ensinaste, porém, ou então eu esqueci ,
Como se faz ... para a conservar,

Quando ... de quando em vez ... Ela pretende partir .!

quinta-feira, março 13, 2008

Côr de decisão .




Há dias, sabes, em que gostaria de ser como o gato,
e
Que me tocasses, sem desejar encontrar qaisquer sentimentos.
A não ser o que se experime num espreguiçar muito lento .
_um vago ... agradecimento _
Que depois me deixasses deitado no sofá,
Sem que nada pudesses levar ... da minha alma .!
Pois nem saberias o que dela roubar ... .!


Pedro Paixão


É ...há dias assim .!
Dias em que não deixarei roubar, um pedacinho que seja,
da minha alma . !

quarta-feira, março 12, 2008

Côr de momentos inesquecíveis .




Dizer como o Poeta ... " momentos inesquecíveis " ...
Porque estas imagens e esta personagem são, verdadeiramente ...

POESIA .!

terça-feira, março 11, 2008

Côr de docemente .



Doce
Corre a vida para quem abre os braços ao céu
e
Sorri às flores que crescem nos campos
e
Dentro da sua alma.!
E é criança e poeta e amante. !
E sabe que a vida ... não é mais que um instante.
E tem a serena indiferença ... dos sábios.
e
Só por amor ... faz mover os lábios .!


José Anacleto

segunda-feira, março 10, 2008

Côr de dia colorído .



Hoje,
Foi um acordar ... cinzento ...
e
Cheio de sono .

Depois o cinzento passou a ter aquela côr indefinida , mas maravilhosa da água,

e
que ao correr pelo meu corpo enxotou o sono.!

Seguidamente, o castanho saboroso e sensual do café .

Na rua, a chuva transformou o cinzento .
Tornou-o cantante, e fundido com o azul do céu, ficou anil.!

Por momentos parou a chuva, e apareceu uma réstea de
amarelo.
Foio Sol dizendo ... não me veêm ... mas eu estou cá.!

E as pessoas ao passar, iam, também, mostrando as suas cores.
Porque cada uma tem a sua ... !

Enfim ... Se estivermos atentos, todos os dias são colorídos.

É só querer ... e hoje ... Eu quis. !

domingo, março 09, 2008

Côr de com o tempo .



Com o tempo,

Vamos percebendo que para sermos felizes com outra pessoa,
Precisamos, em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebemos, também, que aquele alguém que amamos ,
(ou achamos que amamos)
e
Que não quer nada connosco, definitivamente não é o "alguém"
da nossa vida.

Aprendemos a gostar de nós, a cuidar de nós ...
e,
Principalmente, a gostar de quem também gosta de nós.

O segredo é não correr atrás das borboletas...
é
Cuidar do jardim para que elas venham até nós.!

No final ...vamos achar, não quem estavamos procurando,
mas quem nos estava procurando !


"O AMOR É IGUAL A UMA BORBOLETA.
QUANDO TENTAMOS PEGA-LA,
ELA FOGE,
MAS QUANDO SE ESTÀ DISTRAÍDO,
ELA VEM
E
POUSA EM EM NÓS . !!! "


Mário Quintana .

sábado, março 08, 2008

Côr de mulher na arte .



Esta arte existe, pois houve união ... modelo e artista.
Esforcemo-nos, para que, diariamente, haja essa união ... mulher homem.
Respeitando tudo que é vida !
E assim ... transformando esta Terra, num lugar melhor.
!

Onde, em cada dia, haja motivo para comemorar ... . !

sexta-feira, março 07, 2008

Côr de gato Zen .



Os gatos amam mais as pessoas do que elas permitiriam .
Mas ...
Têm sabedoria suficiente para manter isso em segredo .!

Mary Wikins

quinta-feira, março 06, 2008

Côr de sentir .



O amor não se diz .!

O amor é o amor .
É uma emoção, uma atitude, uma fragância, uma essência.
O amor é o amor .
Quando amamos partilhamos.
Inclusivé o tempo.
Mas o amor não se identifica com pressas nem com ansiedades
inúteis.
O amor é o amor .
Transforma-nos ... !
O amor é o amor .
Para que dizer mais ... O amor não se diz ... Sente-se .!

quarta-feira, março 05, 2008

Côr de comunicação .



Não é fácil comunicar .!

E menos ainda, fazê-lo de forma compassiva e
amorosa.

Raramente escutamos a pessoa com quem o
fazemos.

Muitas vezes a " comunicação " não é mais do
que um jogo de linhas paralelas, que jamais se
encontram.

Por norma, atendemos aos gritos da nossa mente,
e
Assim não há forma de ouvir os outros,
ou
Pior, escutamos, apenas, o que queremos ouvir.

Saber ouvir requer benevolência, sensibilidade e
interesse pelos sentimentos do outro,
e
Uma grande abertura da mente, mas sobretudo,
do coração.

Daí ... saber ouvir não ser apenas uma arte ...
Mas um ... Sacramento .!

terça-feira, março 04, 2008

Côr de ... como em casa .



Regresso ao teu sorriso, como quem volta a casa.
Faço de conta que não é nada comigo .
Distraído percorro o caminho familiar da saudade ...
Pequeninas coisas me prendem ...
Uma tarde num café, um livro.
Devagar te amo e ás vezes depressa ...
Meu amor
E ás vezes faço coisas que não devo ...
Regresso devagar a tua casa,
Compro um livro,
Entro no amor ... como em casa .!


Manuel António Pina

segunda-feira, março 03, 2008

domingo, março 02, 2008

Côr de sonhei .



Esta noite tive um sonho ... !
Sonhei
Que o Homem estava verdadeiramente preocupado com o seu irmão .
Sonhei
Que as guerras, os ódios, as invejas ... tinham deixado a Terra,
E
Apenas tinham ficado a tolerância, a compreensão, a aceitação,

a ternura.
Sonhei
Que já não existia fome nem miséria.
Sonhei
Que credos e cores não interferiam na relação humana.
Sonhei
Que tudo que era vivo era respeitado.
Sonhei
Que as crianças podiam ser simplesmente ... crianças.
Sonhei
Que finalmente a liberdade era uma conquista.
Sonhei
Com tanta intensidade, que ficou em mim ... A Esperança.
Que todo este sonho se transforme em realidade.
E mais ... que não seja para amanhã .
Para hoje , ainda ... .!

sábado, março 01, 2008

Côr de Pai .





Haverá, sempre, quem te ofereça flores, missas e rezas.
Eu, prefiro oferecer-te música.
E ...
Sei que gostas ... era a tua preferída .!