A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

quarta-feira, julho 20, 2011

Côr de ... acordai ...



Acordai
acordai
homens que dormis
a embalar a dor
dos silêncios vis
vinde no clamor
das almas viris
arrancar a flor
que dorme na raíz


Acordai
acordai
raios e tufões
que dormis no ar
e nas multidões
vinde incendiar
de astros e canções
as pedras do mar
o mundo e os corações


Acordai
acendei
de almas e de sóis
este mar sem cais
nem luz de faróis
e acordai depois
das lutas finais
os nossos heróis
que dormem nos covais
Acordai !


musica  _  Fernando  Lopes  Graça _
poema      _    José  gomes  Ferreira _

4 comentários:

Luis Filipe Gomes disse...

Eu acho que até acordam, mas depois parece que preferem voltar a adormecer.

Atitude do pensar disse...

A humanidade escolheu fechar seus olhos e num sono profundo habitar.
É necessário. Mas quem e quando?

sandrafofinha disse...

Olha eu confesso que costumo dormir muito pouco pois sofro de insónias. Portanto estou acordada durante muito tempo. Mil beijinhos!! Bom fim de semana,espero que te divirtas!!

N. Barcelli disse...

Música e poema do mais fino quilate.
Belas escolhas, como sempre.
Beijo, querida amiga Maria.