A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, outubro 16, 2011

Côr de coelhinho





... é ...  comeu   ...  ...  a  Mãe  ...

2 comentários:

Luis Filipe Gomes disse...

se não houvesse outra razão; esta maneira de dizer as consoantes que para alguns são mudas seria razão suficiente para que elas não desaparecessem da nossa língua. Mas para ouvidos surdos aqui ficam bem audíveis estas consoantes.
Quanto a coelho: é animal que não estimo pois que no mato é o seu lugar; é animal que não quero encontrar nem ver predar; é alimento que não trago; é símbolo que não escolho e mesmo transformado em chocolate de Páscoa é doce que não engulo.

São disse...

Dispenso coelho:já tenho dose exagerada!

E também não estou de acordo com o Acordo.

Um abraço, Maria.