A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, fevereiro 19, 2012

Côr de musica que gosto

3 comentários:

Luis Filipe Gomes disse...

A ária é lindíssima, parece que foi um sucesso europeu no seu tempo. Mantém-se actual pois hoje por toda a Europa também há razões para chorar o destino cruel e para suspirar pela liberdade sem as humilhantes cadeias invisíveis que nos oprimem.
Phillippe Jaroussky descreve a escrita vocal de Handel como uma massagem vocal, tão profundo era o conhecimento que o compositor possuía da técnica vocal e das necessidades do cantor. Handel, diz ele, dá prazer cantar; comparando com Bach que escrevia para o instrumento voz Handel chegava a escrever para um cantor específico.
Um comentário paralelo:
Ontem e antes de ontem no CCB "O Divino Sospiro" fez a interpretação da ópera e o lançamento do disco de "A morte de Abel" uma obra inédita no nosso Pedro António Avondano filho do genovês Pietro Giorgio Avondano.
Não estive lá mais ouvi excertos na antena 2 e é uma obra extraordinária.

Nilson Barcelli disse...

Gosto do teu bom gosto.
Esta ária é belíssima.
Beijo, querida amiga.

Margarida disse...

É arrepiante de tão linda! :)