A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, novembro 25, 2012

Côr de viagem



















Oriol Vall , que cuida dos recém - nascidos num hospital de Barcelona , diz que o primeiro gesto humano , é   o  abraço .
Depois de sair ao mundo , no principio dos seus dias , os bébés agitam os braços como buscando alguém .
Outros médicos que se ocupam dos já vividos , dizem que os velhos , no final dos seus dias , morrem querendo erguer os braços .
E assim são as coisas , por mais voltas que se queira dar
 á questão , e por mais palavras que se diga .
A isso simples assim , se reduz tudo . . . entre o primeiro bater de asas e o derradeiro , sem maiores explicações , transcorre a viagem . 




Eduardo   Galeano _  Bocas  do  tempo  _ 
Stefan    Caltia 


4 comentários:

AC disse...

E muitas vezes, por maior que seja a viagem, o abraço não chega a acontecer.

Beijo :)

São disse...

Desconhecia, mas admiro muito Eduardo Galenao.

Maria, abraço apertado te deixo, rrss

Nilson Barcelli disse...

Interessante, nunca tinha pensado nisso.
Se um dia estiver contigo, não te vou dar um abraço, porque não sei se será o primeiro ou o último... eheheh... desculpa a brincadeira, mas não resisti...
Beijo, querida amiga.

Luis F R Cruz disse...

Envelheço.
Sempre que reparo, todos os anos,
As folhas das árvores a caírem,
Envelheço.
Mas ao saber que elas caem
Para dar lugar a novas folhas,
Envelheço
E renasço em cada primavera.
Se em cada primavera houver
Um saber por nascer,
Envelheço
Sem o saber.