A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, setembro 08, 2013

Côr de coisa delicada



















Pensar  em  ti  é  coisa  delicada .
É  um  diluír  de tinta  espessa  e  farta
e  o   passá-la  em  finíssima  aguada
com  um  pincel  de  marta .


Um  pesar   grãos  de  nada  em  mínima  balança
um armar de arames cauteloso e atento ,
um proteger  a  chama  contra  o  vento ,
pentear  cabelinhos  de  criança .

Um   desembaraçar  de  linhas  de  costura ,
um  correr  sobre  lã  que  ninguém  saiba  e oiça ,
um  planar  de  gaivota  como  um lábio  a  sorrir ,


Penso  em  ti  com   tamanha  ternura
como  se  fosses  vidro ou película de loiça
que  apenas  com   o  pensar  te  pudesses  partir .






António  Gedeão
imagem _  Gaylord  Ho _

4 comentários:

ONG ALERTA disse...

Maravilhoso pensar...
Beijo Lisette.

Nilson Barcelli disse...

Uma excelente escolha poética.
Querida amiga Maria, tem um bom resto de semana.
Beijo.

São disse...

Excelente escolha quer do poeta quer do poema.


De Vivaldi, também gosto.

Abraço, Maria

AC disse...

António Gedeão era (e continuará a ser, assim nós o queiramos) de uma sensibilidade ímpar.

Beijo :)