A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, abril 12, 2015

Côr de . . . mas país




Plantados como árvores no chão
ao alto ergueis os vossos troncos nus
e o fruto que produz a vossa mão
vem do trabalho e transparece a luz


Nenhum passado vale o dia-a-dia
Sonho só o que vós consentis
Verdade a que de vós só irradia  , 

Portugal  não  é  pátria  ,  mas  país .









Ruy  Belo 

imagem _  Arsen  Roje _

2 comentários:

Rua Sem Dono disse...

Mesmo distante e sem conhecê-lo... Portugal! Existe dentro de mim como minha alma que nunca a vi, mas sei que sem ela é impossível sobreviver!!!

Beijos Maria!!!

Luis Filipe Gomes disse...

Foi-me difícil a poesia dele. Dei os 3 livros da poesia que comprei em 81, era penoso para mim mantê-los. Eu nessa altura frequentava S. Bernardino e ía pelas arribas até à praia da Consolação que ele gostava tanto.
Parece que cada vez mais gente o descobre. Ainda bem!
Agradeço o teu contributo.