Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi




A _ cor _ dar , é preciso !


terça-feira, novembro 01, 2016

Côr de . . . de ti .












Tenho segredo de
ti
meu amor de meu invento

convento onde te
fecho
com o meu corpo lá dentro

Tenho segredo de
ti
onde me prendo e me deito

e onde te roubo
as mãos
para as pôr sobre o meu peito








Maria Teresa Horta  _Minha senhora de mim _

imagem  _   Leonardo   da   Vinci  _    

3 comentários:

AC disse...

Convento, invento, pressentimento...
Para se estar tão atento, esvai-se o alento.
E o intento? Vai-se com o momento?
A vida é movimento,
em constante superamento.
Talvez (quem sabe?) seja esse o alimento.

Um beijinho, Maria :)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, tenho bons segredos de ti (grandes saudades), o poema e a imagem em sintonia revela beleza.
Continuação de boa semana,
AG

Emília Pinto disse...

Em se tratando de amor a vida tem sempre uma bela cor; tantas vezes queremos guardar " segredo" da dor que ele nos provoca, menos vezes da alegria que nos dá, embora esta, a queiramos guardar só para nós e a fechemos a sete chaves para tentarmos segurá-la para sempre; mas nada é para sempre, mas sim para instantes, mesmo no amor, há instantes bons e outros menos bons. Como a vida, assim é o amor também. Bela cor esta tua, Maria! Parabéns e obrigada. Um beijinho
Emilia