Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi




A _ cor _ dar , é preciso !


sexta-feira, janeiro 06, 2017

Côr de . . . na plenitude da paz

























Não quero amor
que não saiba dominar-se,
desse, como vinho espumante,
que parte o copo e se entorna,
perdido num instante.

Dá-me esse amor fresco e puro
como a tua chuva,
que abençoa a terra sequiosa,
e enche as talhas do lar.

Amor que penetre até ao centro da vida,
e dali se estenda como seiva invisível,
até aos ramos da árvore da existência,
e faça nascer
as flores e os frutos.

Dá-me esse amor
que conserva tranquilo o coração,
na plenitude da paz .







Rabindranath   Tagore
imagem _   Marta  Orlwka

2 comentários:

AC disse...

Um amor só possível a quem está em harmonia com a vida.

Um beijinho, Maria :)

Emília Pinto disse...

Um amor que chegue, que fique e que seja de tal modo grande que possamos também espalhá-lo à nossa volta. Um amor assim dar-nos-á tranquilidade , serenidade ao coração e paz de espirito. Dará cor aos nossos dias, aquecerá corações nestes dias tão frios. Obrigada, Maria pela linda cor. Beijinhos e que o amor seja uma constante nos teus dias.
Emilia