A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, novembro 26, 2017

Côr de . . . parte


















Varre  
 a  casa   a  casa ,  tira  algumas  teias  de  aranha ,  adormece  os  dragões .
Depois . . .
deixa  as   portas  e  janelas  abertas  ,
e
parte .
Descobre  novos  caminhos ,
ou,
transforma  -te   num   deles ,  se  possível  ,

mesmo   sabendo   que  o   mundo   continua  a  ser  um  lugar  austero .









imagem  _   Ulla   Blomquist   _   

4 comentários:

AC disse...

Um sábio conselho para quem ousar viver.

Uma boa semana, Maria :)

Emília Pinto disse...

Temos sim, de descobrir novos caminhos se acharmos que este é tortuoso, mas nem sempre é fácil, Maria. Se não conseguirmos hoje e, se a vida nos der essa oportunidade, com certeza amanhã conseguiremos. Não podemos desistir. Como sempre, poucas frases, mas de grande reflexão. E a vida é assim, cheia de cores, mas algumas mais escuras e menos brilhantes que outras. Beijinhos, querida amiga e boa noite.
Emilia

Luiza Maciel Nogueira disse...

Sempre é bom varrer o pó que fica, nos renova sempre! Gostei daqui.Um abraço

CÉU disse...

Há muito, que não passava por aqui. Calhou, hoje e estou satisfeita com a decisão.

Julgo que o seu blogue vigente, este, vestiu nova fatiota e a minha amiga está linda, "desempoeirada" e determinada na foto de perfil do blogue. Parece uma ilusionista, querendo tirar da cartola tudo aquilo com que transformará este mundo (não sei se há outros, confesso), mas olhe que a tarefa não será fácil, mas tentar não custa nada. Vou imaginá-la artista circense e aí quantos malabarismos executará? Muitos, que dão encanto a quem a vê. Ora, continue, por favor, porque the show must go on.

Limpamos os obstáculos, os possíveis, mandamos para outras galáxias quem nos prejudica, abrimos as portas, janelas e telhados da nossa casa e partimos à procura de um mundo bom, melhor, quero dizer, que este, mesmo sabendo, que ele continuará na mesma.

Sonhar é de graça e é tão agradável!

Já percebi, que escreve pouco, tanto aqui, quanto nos comentários, que faz, mas, diz-se que quem muito fala ou escreve, pouco acerta. Talvez, mas eu sou sua antípoda, Lilás de Violeta.

Beijos e bom domingo.