A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

quarta-feira, março 03, 2010

Côr de ... não te persigo .



Não entendo os silêncios
que tu fazes
nem aquilo que espreitas
só comigo .

Se escondes a imagem
e a palavra
e adivinhas aquilo
que não digo .

Se te calas
eu oiço e eu invento .
Se tu foges
eu sei , não te persigo .

Estendo-te as mãos ,
dou-te a minha alma ,
e continuo a querer
ficar contigo .


Maria Teresa Horta

4 comentários:

Bergilde Croce disse...

Excelente postagem de uma grande mulher ,autora de trabalhos que enaltecem o ser feminino em diversos aspectos na suas vivências do Amor.
Maria,deixei um recadinho pra você lá no blog de meus filhotes.Abraços,Bergilde

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

Entender os silêncios é um grande aprendizado,
pois eles sempre nos dizem muito
e geralmente chegam inundados de verdades.

Que os sonhos te acompanhem sempre.

hermetico fagundes disse...

De alguém que te mereça.

Só contigo espreito,
Investigo,
E tento ir mais além.
E é neste ir
Que me perco
E fico muito aquém,
Do que de mim esperas.
Se me escondo
É para me revelar.
Se me revelo
É para me esconder.
Se me esperas
É porque já cheguei,
Muito antes de chegar.
Mas, se as palavras
Te dão algum sentido
Da minha presença,
Aqui as tens,
Como frutos
De alguém que te mereça.

Lilazdavioleta disse...

Olá Amigo Hermético Fagundes ,

" De alguém que te mereça " , tão dificil , complexo e sobretudo de uma grande responsabilidade .
Prefiro ser amada a ser merecida .

Sei que a liberdade poética não pode ser assim escamoteada .
Foi para te " picar " .

Obrigada pela visita e pela poesia .

Beijo,
Maria