Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi




A _ cor _ dar , é preciso !


terça-feira, março 24, 2015

Côr de Herberto Helder




















E  o  poema cresce tomando tudo em seu regaço.
E  já  nenhum poder destrói  o  poema.

Insustentável , único ,
invade as órbitas , a face amorfa das paredes ,
a  miséria dos minutos ,
a  força sustida das coisas ,
a  redonda e livre harmonia do mundo .

Em baixo o instrumento perplexo ignora
a espinha do mistério .

  
E o poema faz-se contra o tempo e a carne.




Herberto  Helder



Até   sempre,  Poeta  . . .

Sem comentários: