A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

sábado, abril 09, 2016

Côr de fome



Atenção , muita  atenção . . . 

A  falta  de   amor   é  grande  . . .

estamos   a  morrer  à   fome  ,
uns ,   de  pão ,  outros ,  a  maior  parte  ,
de  abraços  .








 imagem _  Claude Théberge 
 

3 comentários:

Carmem Grinheiro disse...

Fome. Fome de pão. Fome de abraços.
Tão importante quanto o alimento para o corpo, é o alimento para o coração, aquele que preenche a alma.
bj amg

AC disse...

Uma fome óbvia que poucos admitem (que é feito da lucidez?). Continuam a correr, desalmadamente, nem sabem bem para onde.

Um beijinho, Maria :)

Emília Pinto disse...

E esta cor deve ser aquela cor preta, muito preta, aquele breu noturno de uma noite de rigoroso inverno que a torna ainda mais preta. Apesar de reconhecer que a fome de afetos, de um abraço, de uma palavra amiga, de um sorriso, seja terrivel, a fome de pão, essa, não encontro palavra capaz de a definir; e que cor dar a esta fome de pão e sede de água? Não sei se existe!!!! Triste, triste esta cor, amiga, mas muito presente no nosso dia a dia. Beijinhos e...vamos lá, pelo menos nós, tentar matar essa fome a alguém perto de nós. Até breve, amiga!
Beijinhos