A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

domingo, outubro 22, 2017

Côr de não destruição















Para
que  o  carácter  humano  revele  qualidades  verdadeiramente  excepcionais 
temos  de  ter  a  boa  sorte  de  ser  capazes  de  observar  o   seu  desempenho
durante  muitos  anos .
Se  esse  desempenho  é   desprovido  de   egoísmo ,  se  o  seu   propósito  é
uma   generosidade  inigualável ,  se  há  a  certeza  absoluta  de  que  não  
existe  uma  ideia  de  recompensa  e  que  esse  propósito ,  além  do  mais ,
deixou   a  sua   marca  visível  na  terra ,   então ,  não  haverá   engano .











Jean  Giono  _   O  homem  que  plantava  árvores  _
imagem  _  Marina  Terauds  _         
 

3 comentários:

Luis Filipe Gomes disse...

O carácter humano, penso eu, é independente do escrutínio alheio. A menos que estejamos de fora na posição de o censurar ou de o louvar, mas sendo assim, isso já denota uma imperfeição em nós julgadores por darmos o exemplo não da prática mas sim do julgamento. Talvez isto não fosse tão danoso se os juízes do carácter fossem pessoas maduras e de "qualidades excepcionais".

Emília Pinto disse...

Felizmente há muitos seres humanos que plantam árvores, sem se cansarem; uns destroem e eles voltam a plantar, a plantar e a plantar; fazem-no sem esperarem agradecimentos e na maioria das vezes são ignorados; dá-se mais importância ao criminoso do que aquele " que faz o bem sem olhar a quem "e esta cor de destruição, Maria, é negra demais, é terrivel só imaginå-la, mas...infelizmente está bem presente, é concreta. Beijinhos, amiga e desejo sinceramente que à tua volta consigas ver a linda cor verde e muitas árvores dançando ao sabor do vento.
Emilia

AC disse...

Acredito que haja pessoas assim, verdadeiramente excepcionais, mas vivemos num tempo tão formatador que são os formatados que tendem a afastar essas pessoas. Estas, contudo, pela sua condição, nunca desistem.

Um abraço, Maria :)