A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

quarta-feira, janeiro 09, 2008

Côr de entre os lagos .



Esperei-te do nascer ao pôr do sol
e não vinhas, amado.
Mudaram de cor as tranças do meu cabelo
e não vinhas, amado.
Limpei a casa, o cercado,
fui enchendo de milho o silo maior do terreiro,
balancei ao vento a cabaça da manteiga,
e não vinhas amado.
Chamei os bois pelo nome,
todos me responderam, amado.
Só tua voz se perdeu, amado,
por lá da curva do rio,
depois da montanha sagrada,
entre os lagos . !

Paula Tavares

Sem comentários: