A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

segunda-feira, junho 02, 2008

Côr de silex



Um dia
Acordei transformada em máquina ... mas não quis acreditar!
Tinha sido só um pesadelo .
Mas daqueles que duram, daqueles que doem .
E
Apeteceu-me não mais voltar a olhar o teclado do computador, o ecrã da televisão, a solidão dos numeros do telefone.
Mas não consegui fazê-lo.
E
Então lembrei-me das palavras antiquíssimas e sábias da Natureza, minha mãe.
_ Tenho leis a que nem eu consigo escapar _
Foi então que peguei num fragmento de silex e ... voltei a escrever o meu nome, na superfície rija do muro de uma caverna que cheirava ...

A magia e a eternidade .!

Sem comentários: