A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

quarta-feira, junho 04, 2008

Côr de ... já .



Quero um cavalo de várias cores ,
Quero-o depressa, que vou partir.
Esperam-me prados com tantas flores,
Que só cavalos de várias cores
Podem servir.

Quero uma sela feita de restos dalguma nuvem que ande no céu.
Quero-a evasiva _ nimbos e cerros_
Sobre os valados, sobre os aterros ... Que o mundo é meu !

Quero que as rédeas façam prodígios ...
Voa, cavalo, galopa mais.
Trepa às camadas do céu sem fundo, rumo àquele ponto ... Exterior ao mundo... para onde tendem as catedrais .

Deixem que eu parta ... agora ... já !
Antes que murchem todas as flores.
Tenho a loucura !
Sei o caminho !
Mas como posso partir sózinho ... Sem um cavalo de várias cores ?!

Reinaldo ferreira

Sem comentários: