A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

terça-feira, maio 26, 2009

Côr de bruscamente .



Com as mãos construo a saudade do teu corpo,
onde havia uma porta ,
um jardim suspenso ,
um rio ,
um cavalo espantado à desfilada.
Com as mãos descrevo o limiar ,
os aromas subtis ,
os largos estuários ,
as crinas ardentes fustigando-me o rosto,
a vertigem do apelo nocturno,
o susto.
Com as mãos procuro_ ainda _colher o tempo de cada movimento do teu corpo ,
em seu voo.
E por fim destruo todos os vestígios _ com as mãos _
Bruscamente!


Eduíno Gonçalves

Sem comentários: