A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

segunda-feira, agosto 03, 2009

Côr de ponto de existência .



A
criança que pensa em fadas e acredita nas fadas ,
age como um deus doente, mas como um deus.
Porque embora afirme que existe o que não existe ,
sabe como é que as cousas existem , que é existindo .


Sabe que existir , existe e não se explica .
Sabe que não há razão nenhuma para nada existir .
Sabe que ser , é estar em algum ponto .
Só não sabe que o pensamento não é um ponto qualquer .

Alberto Caeiro




A minha criança , sabe qual o ponto , e acredita em fadas !

4 comentários:

Luis Filipe Gomes e Silvia Cunha Pedro disse...

O Alberto Caeiro é aparentemente fácil de entender.
Mas...Tu sabes.
...
Obrigado pelos teus comentários. Acho que estou a ficar dependente deles. Tu guardaste a foto da andorinha no beirado, e eu guardei a tua foto anterior antes de seres só esse olho azul de visão transcendental.
Luís

Lilazdavioleta disse...

Luis ,
concordo , que Alberto Caeiro é aparentemente fácil .
Mas é o heterónimo que prefiro . Não por isso , mas porque tem poemas que me emocionam até ás lágrimas ... Tem um que inicia assim ...

Num meio-dia de fim de Primavera
Tive um sonho como uma fotografia.
Vi Jesus Cristo descer à terra.
Veio pela encosta de um monte
Tornado outra vez menino,
A correr e a rolar-se pela erva
E a arrancar flores para as deitar fora
E a rir de modo a ouvir-se de longe.
/
Esta é a história do meu Menino Jesus.
Por que razão que se perceba
Não há-de ser ela mais verdadeira
Que tudo quanto os filósofos pensam
E tudo quanto as religiões ensinam ?


Agradeço as tuas palavras , que retribuo .

Beijo,

Maria

flor-de-lótus disse...

Não sei se a minha criança sabe qual é o ponto, mas que acredita em fadas acredita.

Um beijo muito grande

Lilazdavioleta disse...

Flor-de-lótus
a tua criança , sabe-o , mesmo que
nunca te tenhas apercebido .
Mas esse menino lindo que as ama e vê , esse ainda sabe , mesmo ñ sabendo .

beijos muitos