A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

segunda-feira, agosto 16, 2010

Côr de bilhete a Deus .


*
Meu Pai , meu Filho , meu Espirito Santo .

Estendo as mãos à caveira da noite , e a criatura que sou consome - a a areia de vidro do tempo . Nada digo que não te pertença , nada escrevo que não corra à eternidade .
De cada vez que caio subo mais alto , e ao reencontrar - te , voo acima de mim mesmo . Aquieto - me contigo , com o pão e o vinho , e não há luz que pese como o absoluto cristal do ar .
Mas quando o teu rosto se afasta , e a treva se desdobra , o Mundo fica um caroço de mágoa que endurece no lugar do coração .
Livra - me da tua ausência . Fica comigo enquanto o dia acaba .

Mário Cláudio ( escritor ) _ Cartas a Deus _

2 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Mesmo não sendo crente, achei esta carta um texto magnífico.
Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

Lilá(s) disse...

Que encanto! magnifica carta!
Beijos