A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

segunda-feira, junho 22, 2009

Côr de o ideal .


Como
são belas , indizivelmente belas , essas estátuas mutiladas...
Porque nós mesmos lhe esculpimos ,
_ com a matéria invisível do ar _
o gesto de um braço ... uma cabeça anelada ... um seio ...
tudo que lhe falta !

*


Mário Quintana

2 comentários:

Luis Filipe Gomes e Silvia Cunha Pedro disse...

Eu não gosto de estátuas mutiladas.
Percebo perfeitamente porque foi usada no texto a palavra estátuas-Estão mortas não se movem-ainda que pareçam ter vida como a Atena da Victoria. A Victoria Alada de Samotrácia.
O problema é que as estátuas mutiladas tornaram-se na sua fragmentada apresentação, o ideal em si. Na impossibilidade de ter a escultura integral por ter sido apenas descoberto um fragmento, as academias que começam a estudar a antiguidade copiam-na,e na falta da totalidade lá aparecem os bocados. Os famosos torsos: Nem cabeça nem braços nem pernas. A modernidade permitiu um olhar igual para o esboço e para a obra final. Um "estudo" pode ser até, em algumas circunstâncias,
preferível à obra final; pelo que tem de informação suplementar, ou de descodificação, ou de síntese.
De resto as esculturas, deveriam ser vistas, ou pelo menos consideradas, como foram pensadas originalmente. Coloridas com TODAS as CORES DA VIDA!
Quem quereria ver mum museu um Santo sem cabeça, mesmo se fôsse esse o seu martírio? Não! Santo que seja prezado, ou Deus que seja digno desse nome, deve
ter o corpo inteiro, mesmo que o corpo seja só espírito. E não calharia mal trazer também a sua roupinha a não ser que seja Verão como agora em que a tanguinha é aceitável.
Luís

Lilazdavioleta disse...

Luis ,
Depende .
Há umas que já não consigo " vê-las " completas .
Como esta , por exemplo .
E quanto a deverem ser vistas como foram pensadas ... e o factor tempo ?
Mas atenção ... fala uma leiga .

Mas há uma coisa que é inalterável , e tu mencionas , o espirito .

E foi disso que o poeta quis falar , ou ... foi isso que eu li .

Beijo