A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

quarta-feira, julho 28, 2010

Côr de madeira lilás .


*
De madeira lilás [ninguém me crê]
se fez meu coração.
Espécie escassa de cedro , pela cor e porque abriga
em seu âmago a morte que o ameaça.
Madeira dói
?

Pergunta quem me vê
os braços verdes, os olhos cheios de asas.
Por mim responde a luz do amanhecer
que recobre de escamas esmaltadas
as águas densas que me deram raça
e cantam nas raízes do meu ser.
No crepúsculo estou da ribanceira
entre as estrelas e o chão que me abençoa
as nervuras.
Já não faz mal que doa
meu bravo coração de água e madeira.



Thiago de Mello

1 comentário:

AC disse...

Abraço ao mais natural que há em nós.
Onde foi que se perdeu a memória?