A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

sábado, julho 17, 2010

Côr de tristeza


*
Dás reviravoltas ao corpo e à imaginação para afastares a tristeza.
Mas quem te disse que é proibido estar triste ?
A verdade é que , muitas vezes , não há nada mais sensato que estar triste . Todos os dias acontecem coisas , aos outros e a nós que não têm remédio , ou melhor , têm esse antigo e único remédio de nos sentirmos tristes .
Não deixes que te receitem alegria , como quem prescreve uma temporada de antibióticos .
Se deixares que tratem a tua tristeza como se fosse uma preversão ou , na melhor das hipóteses uma doença , estás perdida ... além de triste , irás sentir-te culpada .
Não é normal que sintas dor quando te cortas ?
Pois , do mesmo modo , a vaga de sucessão de factos que acontecem , ou dos que não , criam um fundo de melancolia.
Vive a tua tristeza . Tacteia - a , desfolha-a , molha-a com lágrimas , envolve-a em gritos ou em silêncio .
E para saboreares a tua tristeza vou recomendar-te um prato melancólico ... couve - flor com brumas .
Coze em vapor de água essa flor branca , triste e transcendente . Devagar , até amaciar .
E envolta em bruma , põe - lhe azeite , alho e salga-a com lágrimas que sejam tuas .
Então , saborei-a devagarinho , mordendo do garfo , e chora mais , que aquela flor acabará por ir chupando a tua melancolia sem te deixar seca .
Mas com a sensação de teres partilhado com essa flor imarcescível , absurda , pré - histórica , essa flor que os noivos nunca pedem nas floristas , essa flor que ninguém põe nas jarras ,
a tua própria tristeza .


Héctor A. Faciolince _ Receitas de amor para mulheres tristes _

1 comentário:

paulo disse...

Minha Querida ,
gostei do texto , mas gosto mais dos teus olhos quando estão tristes .
Beijos