A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

sexta-feira, outubro 26, 2007

Côr de calor humano.



Há já algum tempo, que procuro este papel de parede.
Como, ainda, não o encontrei, faço, aqui, um apelo ...
Informem-me, caso saibam, onde encotrá-lo.

E isto, porque considero o abraço, o gesto mais saboroso
e significativo da vida.
Mais importante que a maioria das palavras.
E, lamentavelmente, está a cair em desuso. Será porque
o afecto anda, também, um pouco arredio do ser humano ?
A expressão " um abraço ", quase se vulgarizou, mas
passar á acção ... é raro.
É verdade que nem todos eles nos fazem felizes, nos confortam,
nos dão energia ... enfim nos trazem aquele calor que tanto
procuramos.
Mas se sim, deve ser como que regressar à protecção do útero
materno.
Este aqui, parece bom, tendo em conta o ar de satisfação da
menina.
Repito, portanto, o pedido. E agradeço, desde já.

Um abraço, para quem gosta de abraços.

2 comentários:

Luis disse...

Eu gosto de abraços.
Quando abraço me envolvo,
Me dou e recebo
E em cada abraço
Há um mundo partilhado
Que concebo.

dry-martini disse...

Por entre as letras e os meus papéis haverá sempre um abraço especial para si .)