A _ cor _ dar , é preciso !






Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.

Mahatma Gandhi

quarta-feira, dezembro 05, 2007

Côr de rifa.



Rifa-se
Um coração,
Um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos .
Um coração moleque, que insiste
pregar peças ao seu usuário.
Rifa-se
Um coração que, na realidade, já está um pouco usado,
meio calejado, muito machucado.
E que teima em alimentar sonhos e cultivar ilusões.
Um pouco inconsequente e que nunca desiste de
acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado coração
Que acha que Tim Maia estava certo, quando escreveu ...
" ... não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que espero ..."
Um idealista ... Um verdadeiro sonhador ...
Rifa-se
Um coração que nunca aprende, que nunca endurece,
E mantém sempre viva a esperança de ser feliz,
Sendo simples e natural.
( ... )
Perde o juizo por completo, em nome de causas e paixões.
( ... )
Rifa-se
Um coração tão inocente,
Que se mostra sem armadura
E deixa louco o seu usuário.
Um coração que quando deixar de bater, ouvirá seu usuário dizer para S. Pedro na hora de prestação de contas.
" O Senhor pode conferir.
Fiz tudo certo.
Só errei quando coloquei sentimento.
Só fiz asneira e me dei mal, quando ouvi este louco coração de criança,
Que insiste em não endurecer
E
Se recusa a ... envelhecer ." .!
( ... )

Clarice Lispector


Bem ... resta saber, se depois de toda esta propaganda , não comprarei todas as rifas, para continuar com este coração ... ?!!!

1 comentário:

Lisboa disse...

Se a minha amiga me disser onde é a carmesse,
Eu também compro.